Arquivo da categoria: livros

Resenha do livro #22: Corte de espinhos e rosas (#1 corte de espinhos e rosas)

Olá meus anjos, tudo bem com vocês?

Resultado de imagem para corte de espinhos e rosas

Nome: corte de espinhos e rosas.

Nome da série: corte de espinhos e rosas.

Volume da série: 1º.

Autor (a): Sarah J. Maas.

Classificação: 💔

Editora: galera record.

Feyre é uma garota que vive perto de uma floresta muito perigosa (quando eu digo muito, é muito mesmo). Ela tem duas irmãs e um pai. Eles são pobres (mas já foram muito ricos, e não, isso não é spoiler), e para ela conseguir comida, ela tem que caçar nessa floresta, ia ser mais fácil se pelo menos uma pessoa da família fosse ajudar, mas eles não ajudam em nada, só pensam na fortuna que eles tiveram (e querem te volta).

Num belo dia a Feyre foi caçar, e ela matou um feérico (mas ela não sabia que era, pensava que era um lobo – ele estava na forma animal). Depois disso ela voltou para casa.

Passaram alguns dias, todo mundo estava na casa dela, quando deu uma forte ventania, todo mundo ficou assustado, mas a ventania era dentro de casa, não fora, quando de repente apareceu no meio da ventania, uma coisa muito grande, que mais tarde ela descobriu ser feérico, que se chama Tamlin. Ele disse que ela era obrigada a morar com ele pelo resto de suas vidas, porque ela matou um feérico, e estava no acordo que eles (humanos e feéricos) assinaram, depois de uma grande batalha, e viram que não ia ter nenhum vencedor e perdedor.

Eu amei o livro (principalmente o segundo – logo vai ter resenha). Para quem não sabe a Sarah J. Maas virou minha escritora favorita da vida. Todos os livros dela são maravilhosos, e ela já me conquistou pela série trono de vidro, mas essa série é mil vezes melhor. O meu personagem preferido é o Rhysand (quem leu pelo menos o segundo livro sabe o porquê). A Feyre é bastante forte, e muito determinada a conseguir o que quer. Uma coisa que eu notei nessa personagem e na Celaena (trono de vidro), é que a Celaena mata a sangue frio, não tem remorso para nada, já a Feyre não, ela só mata animais, e nunca matou seres humanos.

Anúncios

resenha do filme #1 – a escolha perfeita

Olá gente, tudo bem com vocês? Para quem não sabe, lançou (ou vai lançar – estou desinformada) a escolha perfeita dois, e eu queria começar a assistir, mas claro que eu tive que assistir ao primeiro filme que foi lançado. Agora vamos para a resenha:

O The Barden Bellas é um grupo formado apenas por garotas, que apostam no visual perfeito e em sucessos pop para atrair o público da escola. Entretanto, após uma apresentação desastrosa na competição de fim de ano, suas integrantes decidem repensar o grupo. É quando surge o convite para que Beca (Anna Kendrick), uma DJ aspirante que não tem o menor interesse na vida colegial, integre a nova banda. De início Beca descarta completamente o convite, mas após conhecer Jesse (Skylar Astin), que integra uma banda formada apenas por garotos, ela resolve aceitar o convite e passa a ajudar as integrantes do The Barden Bellas a encontrar um novo visual.

Quando eu vi o filme (09/09/2015) eu me apaixonei completamente e tive que trazer essa resenha para vocês, mas vou lembrar-me de uma coisa: o filme é meio nojento (pelo fato de ter vômito).

O filme começa com a beca que tem o sonho de ser ma DJ famosa, mas o pai dela não aceita. Quando ela conversa com o pai, ele faz uma proposta, que é: ela tem que tentar fazer amigos, se ela conseguir fazer isso, o pai dela banca tudo para ela ser uma DJ.

No colégio existem grupos de músicas (cada um desses grupos tem um nome próprio), ela foi convidada para participar do grupo: the barden bellas, no começo ela recusa, até que ela conhece um menino chamado Jesse, ele é do grupo de música rival das the barden bellas, e por isso (e por tentar fazer amigos) ela aceita entrar no grupo.

Minha opinião: como eu falei no começo da postagem, eu simplesmente amei o filme, ele foi muito bom, mas o que eu fiquei um pouco decepcionada, é que ele falava muito sobre sexo (desculpe o termo), mas eles só falam, não aparece nada. E também é um pouco nojento, mas de resto ele é perfeito, e quando a líder das the barden bellas foi ficando mais forte ao longo do filme, foi perfeito.

Tag: Jantar Literário

olá pessoal, hoje eu vim responder uma Tag super legal. eu encontrei essa tag no blog: apenas uma garota. são algumas perguntinhas vem divertidas, que eu fiz prazer de responder:


1 – um personagem que pode/gosta de cozinha:

 Louisa Clark – como eu era antes de você. que eu me lembre ela cozinhava de vez em quanto, mas eu não sei se ela gosta de cozinhar (faz tanto tempo que eu li esse livro – li em 2014).


2 – um personagem com dinheiro para bancar a festa:

Sam Roxton – fiquei com seu número. eu amo esse personagem e eu acho que ele é bem rico.


3 – um personagem que pode causar uma cena:

octavian – os heróis do olimpo. eu não gosto desse personagem e ele brigou muito na série toda, que acabou ficando louco.


4 – um personagem que é super popular:

percy Jackson – percy Jackson e os olimpianos. não preciso dizer nada, né? ele foi um herói o livro todo, então por isso, ele não pode faltar.


5 – um personagem que é divertido/engraçado:

leo valdez – os heróis do olimpo. eu sei que estou repetindo série, mas ele não pode falar. o leo é: espontâneo, engraçado, divertido, lindo, bonito, perfeito e além de tudo isso, duvido uma pessoa não se apaixonar por ele (o percy também se encaixa em todos esses quesitos).


6 – um vilão:

os irmãos de cassel – gata branca (#1 mestre da maldição), só um que não é vilão, mas eu não lembro o nome (eu li em 2014).


7 – um casal (não precisa ser romântico):

percabeth (percy + annabeth) – percy jackson e os olimpianos. eu amo eles e eles são muito fofo junto.


8 – um herói ou uma heroína?

poppy – fiquei com seu número. quem não lembra o que ela fez no final do livro? mesmo ela não tento super poderes (ser uma simples mortal), ela fez muita coisa em um só dia.


9 – Um personagem SUBESTIMADO?

luke castellan – percy jackson e os olimpianos. todo mundo pensava que ele era uma coisa (até eu), e na verdade ele era outra coisa (isso aconteceu milhares de vezes).


10 – UM PERSONAGEM DE SUA ESCOLHA?

call – o desafio de ferro (#1 magisterium). ele é muito perfeito nesse livro, e o final, eu fiquei de boca aberta, porque eu não imaginei que era esse final.



era isso pessoal. espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima postagem.

Tag – apocalipse zumbi

olá pessoas, eu vi essa Tag no blog: estante diagonal, quem criou foi: Ourives das Palavras. é algumas perguntas bem simples, que eu achei super divertida:


1. Um personagem para liderar o grupo: percy Jackson (percy Jackson e os olimpianos e os heróis do olimpo – sim ele fez participação de duas séries). ele é lindo, perfeito, sincero, pode dar a vida para defender os amigos. eu escolhi ele sem pensar duas vezes.


2. Um personagem com conhecimentos médicos: will solace (percy Jackson e os olimpianos e os heróis do olimpo), eu não consigo pensar em outra pessoa melhor do que ele. além dele ser filho de apolo (deus da música e da medicina), ele é simpático, teimoso (quem leu o sangue do olimpo – os heróis do olimpo – sabe o porque).


3. Um personagem inteligente: annabeth Chase (percy Jackson e os olimpianos e os heróis do olimpo). desculpe está repetindo séries, mas é inevitável. a annabeth é filha de Atena (deusa da sabedoria e estrategia em batalha). é lina, simpática, futura arquiteta, e sonha fazer alguma coisa que dure séculos.


4. Um personagem para morrer primeiro: drew ( série: magisterium). até que enfim eu sai da série do percy (porque eu não sei qual eu ia matar, porque são todos perfeitos – até os mais chatinhos). o drew é uma pessoa que não vai fazer diferença no livro, ele é uma pessoa chato, assustado, e posso contar uma coisa para vocês? a primeira fez que eu li o nome dele, pensei que ele era mulher (porque causa da série: os heróis do olimpo).


5. Um personagem badass: call (magisterium), para quem leu o desafio de ferro (primeiro volume da série: magisterium), sabe o porque. eu acho que no segundo livro ele vai colocar medo em qualquer pessoa (até mesmo para os dominados pelo caos), por causa do final do primeiro volume da série.


6. Um personagem duas caras: eu fiquei dividida em dois personagens que eram: drew e luke castellan (série: percy Jackson e os olimpianos)., mas como o drew já foi, vai ser o luke castellan. no primeiro livro o luke foi o bom e mal (quem leu sabe o porque).


7. Um personagem engraçado: leo valdez (série: os heróis do olimpo). o leo ou melhor: bad boy supremo. quem é o team leo aqui levanta a mão /. simplesmente ele é o personagem mais engraçado que eu já vi (além do percy é claro).


8. Um personagem medroso: Jason Grace (os heróis do olimpo). ele ficou do primeiro até o quarto livro, só desmaiando em várias coisas importantes (isso para mim é medo), só no ultimo livro que ele reagiu.


9. Um personagem criança: Aron (magisterium). ele vai crescer ao longo do tempo, mas até agora ele é uma criança. ele sofreu tanto na vida, e ele ainda é uma coisa super importante.


10. Um personagem qualquer: calipso (percy Jackson e os olimpianos e os heróis do olimpo). muita gente odeia ela, mas eu simplesmente amo ela, e eu não podia deixar o leo sem um par (sim, eu shippo: caleo).



gente é isso, espero que tenham gostado. e quem fez essa tag, deixa o link nos comentários que eu vou adorar ler.

essa postagem também está no blog: Biscoitos de livros.

resenha do livro #20 – o sangue do olimpo

Nota: 4/5 estrelas.

Autor: Rick Riordan.

Editora: intrínseca.

Série: Os heróis do Olimpo #5.

************spoiler, para quem não leu os quatro primeiros livros********************

O Sangue do Olimpo – Depois de enfrentarem as mais penosas missões, Percy Jackson e os outros tripulantes do Argo II ainda precisam encarar a pior de todas: chegar a Atenas a tempo de impedir que Gaia, a Mãe Terra, desperte.


A Atenas Partenos irá para o oeste, enquanto o Argo II seguirá para leste. Os deuses, ainda sofrendo com a dupla personalidade, não podem ajudar. Como os semideuses conseguirão vencer sozinhos um exército de gigantes e impedir uma guerra entre os acampamentos? A viagem para Atenas é perigosa, mas não há outra opção. Eles já sacrificaram muito para chegar a onde estão. E, se Gaia despertar, será o fim.

 

Esse livro se trata sobre os sete da profecia (Percy, annabeth, Leo, hazel, Frank, piper e Jason). Eles têm que lutar para a Gaia não acordar e vencer a batalha que está por vir, mas, não é só isso não, também conta a história do Nico, reyna e treinador hedge que tem que levar a Atena Partenos para o acampamento meio sangue e torcer para não houver nenhuma batalha por causa do octavian (ele me dá uma raiva).

A história é narrada por 3ª pessoa, mas com os pontos de vista dos cinco personagens: Nico, reyna, Jason, piper e Leo.

O ponto de vista do Nico: agente o vê sofrendo, vemos tudo que ele passou, vemos toda a dor dele e mesmo as pessoas não percebendo, ele faz de tudo para os amigos.

O ponto de vista da reyna: é quase a mesma coisa da narrativa do Nico, mas, tem um diferencial, ela esconde um segredo, que é só desvendado no meio do livro.

O ponto de vista do Jason: nos quatro primeiros livros eu achava a narrativa do Jason: chata, bem arrastada e eu tinha vontade de dormir, mas nesse último livro ele mostrou todo o seu potencial.

O ponto de vista da piper: eu achei quase a mesma coisa que o do Jason, mas com um diferencial: ela fez, mas coisas do que Jason.

O ponto de vista do Leo: desde o primeiro livro a narrativa dele é muito rápida e era as que eu mais gostava, e o Leo é quase a mesma coisa que o Percy, por exemplo: ele é engraçado, espontâneo, faz de tudo para defender quem ele ama e já sofreu muito, tanto por amor, como pela própria família (eu falei demais na parte dele, mas o que eu posso fazer, eu amo esse personagem que o Rick Riordan fez).

Minha opinião: eu amei o livro, muita gente não gostou por causa do final, mas eu estava torcendo pelo final ser assim mesmo (mesmo já sabendo o final, porque eu tinha ganhado um spoiler muito grande).

Tag – livros não lidos

oi gente, hoje eu vim postar uma Tag que eu vi no blog: Tudo que Motiva, espero que gostem.

crédito na imagem: http://www.tudoquemotiva.com/2015/04/tag-livros-nao-lidos.html

Quantos livros não lidos você possui aproximadamente?

12 livros (na estante, porque se contar com o e-book vai ser bem mais).

Quantos livros que estão na sua estante você já leu?

11 livros (eu tenho pouco livros na estante, porque eu leio mais e-book).

Você compra mais livros do que lê?

não (eu leio um primeiro, para depois comprar outro).

Por que você acha que ainda não leu os seus livros não lidos?

leio mais livros e-book (como eu tinha digo lá em cima), e livros físicos eu demoro mais para ler.

Você participa ou já participou de um “Book Buying Ban” (Quando você decide que não vai mais comprar livros por certo período de tempo?)

não e nunca precisei (acho que eu compro 1 ou 2 livros por ano (ou se não um box da série que eu quero).

Você já fez algum TBR ou Book Jar para esses livros não lidos e deu certo?

não, mas tenho curiosidade para fazer (vou tentar fazer esse ano, se não fique para o próximo, mas vou registrar tudo aqui no blog).

Qual livro empacado há mais tempo na estante?

querido John, do nicholas sparks (eu tenho a mais ou menos 2/3 anos, e ainda não li) e um dos motivos que eu ainda não li, é que o meu livro é livro de bolso (eu tenho falta de vista, então já viu).

Qual livro você olha na pilha e não entende porque comprou?

nenhum, porque eu acho que cada livro tem um valor sentimental (tanto na compra, quando na leitura).

O que faz você pular um livro da meta de leitura e partir para outro que estava na lista de espera?

é o que eu estou sentindo no momento (eu também estou participando do desafio: I Dary You).

Cite 5 (cinco) livros que estão empacados e você pretende ler em breve.

1. o sangue do olimpo (Rick riordan – ultimo livro série: Os Heróis do Olimpo).

2. o desafio de ferro (cassandra clare e holly black – primeiro volume da série Magisterium).

3. querido John (nicholas sparks).

4. o homem de sorte (nicholas sparks).

5. onde ela foi (gayle forman).

então é isso, espero que tenham gostado um Big Beijo e até a próxima postagem.

cinco autores preferidos

oi gente, dia 16/03/15 o blog completou 9 meses (bastante tempo). dia 20/03/15 foi dia do blogueiro. desculpe a demora, eu levei o meu computador para formatar. eu vim postar os cinco autores que eu amo, então vamos conferir:

 

 

1 – Rick Riordan

2 – nicholas sparks

 

3 – Holly black

4 – gemma townley

5 – luíz dill

então é isso, espero que tenham gostado. um beijo e até a próxima postagem.

 

[Resenha do livro] – Os 13 porquês

oi gente. eu não costumo postar nos finais de semana, mas hoje (sábado – 14/03/15), vou abrir essa exceção. eu trouxe mas uma resenha para vocês (eu já li esse livro faz tempo, mas, só agora eu vou postar a resenha).

*imagem da internet*

Os 13 Porquês – Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

A história conta a vida de Clay Jensen que encontra sete fitas cassetes, que ele não sabe o que é. Ele escuta as gravações e descobre que conta a vida da Hannah e porque ela se suicidou. Tem 13 pessoas e histórias que fizeram com que ela se suicidasse, e o Clay está nelas.

Clay Jensen é um estudante que não sabe no que contribuiu para fazer a Hannah se matar. Ele não tem ideia do que o espera, e não percebe o que está na frente dele.

A Hannah se matou há duas semanas antes de entregarem as fitas para o Clay e claro que ela tinha que ter um aliado (não vou falar quem foi).

Minha opinião: eu dei três estrelas, por causa do final. Eu acho que todas essas fitas foi uma desculpa dá Hannah ter se matado faz tempo. Eu até gostei do livro, mas, parece que a história não me convenceu. Parece que eu estava no lugar do Clay quando ele sentiu culpa (parece que eu senti a mesma coisa). Eu não gostei do final e eu fiquei curiosa em algumas partes.

 

então é isso, espero que tenham gostado. um beijo e até a próxima postagem.

maratona literária e carnaval

Maratona - Opu00E7u00E3o 2

olá gente, hoje o blog está completando 8 meses (quase 1 ano, estou muito feliz). hoje eu vim falar de uma maratona literária que eu estou participando (não dá mas tempo de participar). então vamos conferir os livros que eu escolhi e as regras:

 

♥Regras♥

o desafio vai começar no dia 14/02/15, as 00:00, até o dia 18/02/15 as 23:59.

pode escolher quantos livros quiser.

———————————————–

os livros que eu escolhi:

cidade dos ossos – cassandra clare

 

Anna e o beijo francês – stephanie perkins

quer entender mas sobre a maratona? então visite os blogs que fizeram essa maratona: psychobooks, café com blá blá blá, por essas páginas.

———————————————–

então é isso, espero que tenham gostado. um beijo e até a próxima postagem.

 

[resenha do livro] – se eu ficar

oi gene, me desculpe ficar muito tempo sem postar, mas, agora em diante, isso vai mudar. vamos para a resenha de um livro que eu acho que todo mundo já ouviu falar:

essa resenha faz parte do desafio: I Dary You.

Páginas: 224 (+ entrevista com os autores).

Nota: 5/5 e ❤.

Autora: Gayler Forman.

  Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera… e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Primeiramente eu quero falar da capa. Eu admito que não sou muito fã de livros que tenham a capa de um filme ou que tem capa com rosto, mas essa capa me conquistou e se transformou no top 10 de capas mas lindo da minha estante.

O livro fala sobre a história da mia, ela toca violoncelo. Numa verta manhã, ela ia visitar a avó Del, mas estava nevando muito, e foi por isso que aconteceu um acidente, acabou morrendo na mesma hora, a mãe da mia, o pai da mia, mas ela não sabia o que aconteceu com o irmão dela (o Teddy – 7 anos).

Depois desse acidente, ela foi levada direto para o hospital, mas sem querer ela saiu do corpo dela. Em 24 horas ela tem que saber o que aconteceu e se ela quer ir dessa para uma melhor (em outras palavras, se ela quer morrer), mas, ela não está sozinha, ela tem a melhor amiga, a família e o Adam (namorado da mia).

 

Minha opinião: Eu amei o livro (como vocês viram na minha classificação). A narrativa do livro é bem fluída, vocês leem numa sentada só (que não foi o meu caso). A história conta em 1ª pessoa pela mia e isso deu um toque final (pelo menos para mim) para o livro ser muito bom.